ASSOCIAÇÃO ENVIOU OFÍCIO PEDINDO REVISÃO DA REGRA ADUANAEIRA

A Associação abraçou uma reivindicação de longa data dos aeronautas: o tratamento igualitário aos cidadãos em geral no que tange ao limite de US$ 500 em produtos importados por mês em viagens internacionais.

Consideramos injusto que tripulantes sejam impedidos de ter a mesma isenção dos viajantes em geral apenas pela natureza de sua profissão.

Por isso, enviamos ofício ao Secretário da Receita Federal do Brasil, senhor Jorge Rachid, requerendo a revisão a revisão da norma vigente e oferecendo soluções técnicas para que essa mudança possa ser implementada de forma justa, sem privilégios nem desvantagens para os aeronautas.

Veja a íntegra de nossa argumentação no ofício enviado: https://goo.gl/2An3Z2