BRASIL É CONTRA INSTALAÇÃO DE CÂMERAS NAS CABINES

Na última quinta-feira (27/4), SNA, ABRAPAC, ASAGOL e ATT se reuniram em Brasília (DF) com membros da ABEAR, BCAST (Brazilian Comercial Aviation Safety Team), ANAC e CENIPA. O objetivo do encontro foi debater a recomendação da ICAO de instalar, até 2023, câmeras para captar imagens da cabine de comando em todas as aeronaves com peso máximo de decolagem superior a 27 toneladas.
O sindicato e as associações apresentaram os motivos que dificultam sua viabilidade no país. Tais argumentos estão alinhados à visão da IFALPA (International Federation of Air Line Pilots´ Associations) sobre o assunto.
Após o debate, o CENIPA também se posicionou de forma contrária à recomendação da ICAO, considerando que a instalação das câmeras não é oportuna para o Brasil. Tal posicionamento foi decisivo para a finalização da questão.
Após todas as tratativas, a ANAC informou que irá manifestar a posição contrária do país junto a ICAO quanto a essa resolução.
(texto: Asagol)