CONTRATAÇÕES DIRETAS: POSIÇÃO DA ABRAPAC

Prezados associados,

É com preocupação que a ABRAPAC vem recebendo notícias da contratação de pilotos diretamente para aeronaves de maior porte ou diretamente para a função de comandante dentro das empresas aéreas brasileiras, sem que se respeite a ordem natural de progressão da carreira de copilotos mais antigos nestas companhias. Essa prática vem ocorrendo já há algum tempo e com certa regularidade.

Notadamente, neste momento, tal expediente está sendo utilizado pela Latam Brasil em algumas de suas aeronaves wide-body, subvertendo desta forma a sequência natural de evolução profissional de aviadores com uma já longa história dentro daquela companhia.

Em consonância com as melhores práticas corporativas aviatórias ao redor do globo, a ABRAPAC defende o critério de antiguidade aliado à meritocracia profissional para que os pilotos tenham a possibilidade de desenvolver suas carreiras pautadas em diretrizes éticas claras.

No entanto, a Associação compreende que o cenário no qual se desenvolve a atividade aeronáutica seja extremamente complexo e desafiador, levando as companhias aéreas a adotarem, por vezes, medidas radicais de cunho emergencial.

Perante tais condições, é fundamental a clareza do caminho escolhido e as eventuais compensações àqueles que tiveram pontualmente sua evolução profissional cerceada.

Logo, a ABRAPAC se mantém atenta a essas questões junto ao SNA, no intuito de que uma solução satisfatória para as partes envolvidas seja encontrada.

Diretoria ABRAPAC