FADIGÔMETRO: COLETA DE DADOS COMEÇA EM JULHO

O Projeto Fadigômetro pretende mapear a fadiga na aviação brasileira, sem identificar participantes e empresas aéreas – uma pesquisa inédita em nosso país. A ideia é estimar o nível de alerta dos tripulantes durante suas jornadas de trabalho, fornecendo análises dos riscos relativos à fadiga e propondo recomendações de segurança.

O projeto passa neste instante por análise do Comitê de Ética e Pesquisa do Instituto de Biociências da USP. Assim que aprovado, entrará na fase de coleta de dados, quando os aeronautas poderão começar a submeter suas escalas para a pesquisa.

Em reunião realizada na última quarta-feira (23/05), o Comitê Técnico responsável homologou o sistema gerenciador das futuras escalas, que serão enviadas de forma voluntária pelos tripulantes que aderirem ao experimento.

PARTICIPE! – A coleta de dados deve se iniciar em julho (divulgaremos aqui no Notam). Quanto mais pilotos participarem, enviando suas escalas ao sistema, melhores os resultados na busca de maior segurança para tripulantes e para aviação civil como um todo.

Participe: é rápido, anônimo e extremamente importante!

CLIQUE AQUI para saber mais