PILOTO: PARTICIPE DO PROJETO FADIGÔMETRO

O primeiro Fadigômetro da aviação civil brasileira está iniciando a fase de coleta de dados. E o sucesso do projeto depende da participação dos aeronautas da aviação regular, através do envio voluntário de dados de escala.
 
O anonimato é garantido. Os dados não serão publicados individualmente, mas sim compilados e mapeados de forma coletiva, sem identificação de aeronautas ou empresas.
 
A partir da compilação dos dados de escalas de voo, o Fadigômetro determinará os níveis de exposição dos tripulantes aos riscos da fadiga, permitindo a proposição de métodos para análise desses riscos e estratégias para sua mitigação.
 
Participe! Baixe o aplicativo e envie seus dados de escala. O Fadigômetro pode significar um salto quantitativo nos níveis de segurança da aviação brasileira.
 
 
Lá você encontrará vídeos e textos explicativos, que respondem todas as dúvidas. E também as instruções de como participar.
 
Se preferir, você pode entrar em contato com as entidades responsáveis pelo desenvolvimento, implantação e gerenciamento do projeto: ABRAPAC, ASAGOL, ATL e SNA.
 
O Fadigômetro conta com a participação da Universidade de São Paulo (Instituto de Física, Instituto de Biociências e Faculdade de Saúde Pública) e com o apoio da Comissão Nacional de Fadiga Humana.