GT discute regulação proposta sobre radiação ionizante

(Fonte: ASAGOL)

O grupo de trabalho criado pela CNEN (Comissão Nacional de Energia Nuclear), com o objetivo de desenvolver propostas e argumentações científicas para balizar futura regulação sobre a exposição dos aeronautas à radiação ionizante em altitude, esteve reunido nesta quinta-feira (20), na sede da ANAC, no Rio de Janeiro, para discutir a minuta do relatório que será apresentado.
Estiveram presentes à reunião o Cmte. Tulio Rodrigues (SNA), Cms. Mauro Matias (ASAGOL), Fabiano Gonçalves (ATL), Alfredo Menquini (ABRAPAC), Cmte. Amilton Camilo Ruas (ACR), o Sr. Raul Souza (ABEAR), o Dr. Marcos Afonso (ANAC), os Drs. Renato Di Prinzio, Flávia Cristina da Silva Teixeira e Denison de Souza Santos, representantes do Instituto de Radioproteção e Dosimetria (IRD) da CNEN, e o Dr. Cláudio Antônio Federico, do IEAv/DCTA.
Em virtude da complexidade do assunto, foi necessário o agendamento de mais uma reunião para o dia 8 de outubro para a conclusão dos trabalhos e subsequente envio do relatório para a CNEN e para a ANAC.
O grupo vem trabalhando nos últimos meses de forma a apontar caminhos para minimizar os riscos à saúde da categoria; e espera que o documento com as recomendações finais possa contribuir para a adequação da estrutura regulatória e proteção radiológica dos aeronautas.