RADIAÇÃO IONIZANTE E AERONAUTAS: RELATÓRIO FINALIZADO

O Grupo de Trabalho da Comissão Nacional de Energia Nuclear (GTAero/CNEN) concluiu, no dia 8 de outubro, a tarefa de elaborar um relatório sobre as condições de exposição dos tripulantes brasileiros à radiação ionizante em altitude.

O documento será submetido à CNEN e à ANAC, com o posicionamento técnico e científico do grupo de trabalho visando a adequação da estrutura regulatória para proteção radiológica dos aeronautas.

Participaram da reunião os Cmtes. Tulio Rodrigues (SNA) e Amilton Camilo Ruas (ACR), o Cms. Mauro Matías (SNA/ASAGOL), o Sr. Raúl Souza (ABEAR), os Drs. Renato Di Prinzio, Denison de Souza Santos e Flávia Teixeira (CNEN), o Dr. Cláudio Antônio Federico (IEAv/DCTA) e o Dr. Marcos Afonso (ANAC). A ABRAPAC esteve representada pelo seu gestor de safety, Alfredo Menquini, que está à disposição para esclarecimentos sobre o tema (safety@pilotos.org.br).

É importante que os aeronautas se mantenham atentos ao andamento dos debates sobre a radiação ionizante, seus efeitos na saúde dos tripulantes e a necessidade de adequação da atual regulamentação. (Com informações da Asagol)