ABRAPAC em evento do Runway Safe greenEMAS

Johan Lansberg (Runway Safe), Cmte. Paulo Licati (ABRAPAC) e Jon Narmo (Runway Safe)

O presidente da ABRAPAC, comandante Paulo Licati, esteve nos dias 18 e 19 presente à conferência promovida pela empresa Runway Safe, em Saarbrücken, na Alemanha. O evento teve como objetivo principal demonstrar a instalação do greenEMAS – sistema para parada de aeronaves com segurança quando estas ultrapassam os limites da pista.

O greenEMAS é uma evolução ambientalmente sustentável do EMAS – Engineered Materials Arresting Systems (Sistema de Frenagem com Materiais de Engenharia), tecnologia que começou a ser implantada em alguns aeroportos mundo afora nos últimos anos. Sua principal matéria prima é o vidro reciclado, que se transforma em pedras porosas de grande poder de absorção de energia.

O greenEMAS pode trazer maior competitividade ao aeroporto quando este não tem área suficiente de RESA. O sistema pode diminuir a RESA de 240 metros para 80 metros, com mais segurança do que uma simples área de escape. A técnica de construção utilizada é rápida, o que minimiza a interdição de pista.

“Tivemos uma boa impressão da qualidade do produto e acreditamos que seja uma solução viável para os aeródromos brasileiros”, diz o comandante Licati.

Atualmente, 63 dos cerca de 15 mil aeródromos dos Estados Unidos já utilizam algum tipo de EMAS. Outros 14 aeroportos de outros lugares no mundo (incluindo este de Saarbrucken) já adotaram o sistema.

Confira uma pequena introdução feita pelo cmte. Licati ao lado de Philipp Althaus, executivo da empresa Kibag, que constrói pistas e que foi responsável pela instalação do greenEMAS em Saarbrücken.

Veja como funciona o sistema:

Saiba mais: http://runwaysafe.com/our-product/