OPERAÇÃO DÍNAMO BRASIL

A ABRAPAC acaba de se integrar à Operação Dínamo Brasil, iniciativa que busca viabilizar o uso do segmento de táxi aéreo no combate ao COVID-19.

A operação pretende coordenar a disponibilização de aeronaves aos governos municipais, estaduais e federal com o objetivo de contornar a dificuldade de suprimento de materiais para prevenção e tratamento da doença. Além disso, servirá como plano de contingência para o abastecimento geral de localidades ante às restrições estaduais de movimentação. Também poderá viabilizar o transporte rápido de enfermos de lugares remotos para os grandes centros.

A Operação Dínamo Brasil foi concebida pela Associação Brasileira de Empresas de Táxi Aéreo, Regional e de Manutenção (ABTAER), que está criando um centro integrado de controle em Brasília para conduzir os trabalhos. A ABTAER também está fazendo recomendações às entidades governamentais para flexibilizar e facilitar o transporte.

Cabe à ABRAPAC a coordenação geral de Segurança Operacional, que contará com profissionais de alta qualificação, tanto da própria associação quanto de outras entidades. A Associação também cuidará da assessoria de comunicação da Operação Dínamo Brasil.

O nome da iniciativa foi inspirado na Operação Dínamo de 1940, uma ação empreendida pelas forças aliadas durante a Segunda Guerra Mundial, quando pequenas embarcações resgataram milhares de soldados em Dunquerque, na França. Hoje, aeronaves civis de menor porte podem igualmente defender o Brasil da ameaça do coronavírus.